quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Tolo Coração



Madrugada fria de silêncio e solidão
Entediado vejo que somente me restou
Da juventude de sonhos e ilusão
O triste olhar que me acompanhou.

No coração o amor que doei um dia
Crendo em promessas mentirosas
Sem saber que a felicidade é utopia
E viver não é um eterno mar de rosas.

Coração tolo, romântico e sonhador
Que a luz de um olhar se enternece
Por um belo sorriso é levado pelo amor
E magoas e desilusões logo esquece.

Te carrego no peito e não tem jeito
Mesmo sabendo que jamais irás mudar
Pois para ti o amor sempre é perfeito
E nada existe que o possa superar.

Quando a dor da saudade aparece
Roubando-me a paz o sono e a razão
Logo me pedes com urgência uma prece
Para te serenar, meu tolo coração.

E assim vou vivendo de esperanças
De encontrar o que ele tanto ofereceu
Alguém que esqueça tristes lembranças
E que tenha um coração igual ao meu.




Direitos autorais protegidos por Lei.

Falcão S.R - RJ


www.luzdapoesia.com

3 comentários:

  1. Muito lindo teu espaço...belo...estou te seguindo.
    Obrigada em compartilhar esse texto com os blogs onde irei postar

    ResponderExcluir
  2. ai, lindo, postei no MSN - e no meu blog no blogger, visite- link em meu perfil no blogger. bjs.

    ah me diz, como faço para colocar a música assim como você colocou em seu blog? Muito leve e fácil passear pelo teu espaço.

    Tomara que venham outros leitores e amem tanto quanto amei.

    ResponderExcluir
  3. atualizei o teu poema, melhorando a cor e a visualização.
    Estava com uma cor que pertubava a visão. Isso porque foi colocado no antigo blog que ora modificou-se para wordpress.
    E com teu comentário lá vi o defeito e corrigi.
    obrigada pela visita. Isso ajudou-me a melhorar o teu poema lá e também me deixou feliz.
    bjuuss
    mii

    ResponderExcluir