terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sempre te Amarei


Quando fecho os olhos te vejo
E em sonhos me deixo levar
Sinto até o calor do teu beijo
Que insistes em nunca me dar.

Viajando no espaço infinito
Nem percebo o tempo passar
Vejo então teu sorriso tão lindo
Nas estrelas e a luz do luar.

Meu corpo é imenso desejo
Fogueira ardendo em paixão
Em tudo que é lindo te vejo
Dos meus versos és a inspiração.

Me perdoas pelo sentimento
Que que jamais consigo evitar
Sem ti minha vida é um tormento
E só penso em poder te amar.

No silêncio da noite tão fria
Pelas ruas sigo a caminhar
Meus olhos espelham a agonia
De querer em teus braços estar.

És sol que minha estrada ilumina
O céu azul brilhando sobre o mar
Tens a magia que encanta e fascina
Jardins floridos em teu verde olhar.

Mulher sublime de voz melodiosa
Que envolvente me inspira a compor
Tu és minha manhã radiosa
Minha poesia que exalta o amor.

Não me importa se estás longe
E a saudade vai doendo demais
Pois hoje te amo mais que ontem
E amanhã irei te amar muito mais.




Direitos autorais protegidos por Lei.
Falcão S.R - RJ

Luso Poemas

www.LuzdaPoesia.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário